Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alma do Diabo

Alma do Diabo

Impressões em mais do que três linhas

31.12.22
2022, não foi por mal Tenho a impressão de que os graves problemas de 2022 tem a ver comigo. Por ter sido incauto não prestei atenção às superstições que existem com as passagens do ano. Devo admitir que elas são verdadeiras e perigosas. Alerto todos que lhes dêem valor e que se sujeitem às suas leis. Se não acreditam, reparem, de 2021 para 2022, nas doze passas que devemos comer na passagem do ano, não me recordo quantas engoli, perdi-me, talvez à nona, quase que me (...)

Impressões em três linhas

11.12.22
A seleção portuguesa de futebol foi eliminada nos quartos de final pela seleção de Marrocos. Pela primeira vez uma seleção africana está nas meias finais de um mundial de futebol. Não era boa altura para falar dos direitos humanos em Marrocos? Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

19.11.22
O Catar alberga trabalho escravo estrangeiro e foi assim que se construíram os estádios do Mundial. Um vergonha aos direitos humanos que nos deve revoltar a todos. Para o ano irei de férias ao Dubai, estou ansioso mas revoltado com o que por lá se passa. Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

24.10.22
O quadro de Claude Monet “Les Meules” foi atacado por dois activistas ambientais na Alemanha. Estes legitimam o acto lembrando que o uso de combustíveis fósseis mata-nos a todos. Não foi diagnosticado qualquer debilidade mental nestes indivíduos, ainda. Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

16.10.22
A prestigiante revista universitária - Times Higher Education - publicou o ranking das melhores universidades do Mundo. A Universidade Católica posicionou-se como a melhor universidade de Portugal! Ficou entre a posição 351-400. Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

06.09.22
Todos passámos a viver ligados através da internet. Todos temos redes sociais para conviver com outras pessoas. O mundo social nunca foi tão próximo. A depressão tem aumentado em todo o Mundo. Por: Filipe Fidalgo