Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alma do Diabo

Alma do Diabo

Impressões em mais do que três linhas

As horas de sono

31.12.23
O problema de Portugal é claro: dormidos de mais. Quando os estudos revelam que em média dormimos 6 horas por dia, alegramo-nos com a descoberta dos nossos problemas enquanto portugueses. Vamos lá ver, dormir 6 horas por dia significa dormir 180 horas num mês, 2160 horas por ano. Toda a gente percebe que são horas a mais de improdutividade e de descanso. Como é que nos queremos tornar na charneira da Europa a dormir tanto? Com tanta coisa para fazer ao final de um dia de trabalho, (...)

Impressões em três linhas

30.12.23
Os Estados Unidos da América anunciaram novo pacote de ajuda à Ucrânia calculado em 225 milhões de euros. A União Europeia já gastou mais de 100 mil milhões de euros desde o início do conflito. Segundo Milhazes a Ucrânia precisa é de mais dinheiro.    Por: Filipe Fidalgo

Televisão da política de alguidar

09.12.23
No lodo político nacional, em mais uma das dezenas de crises a prazo - que há-de terminar no surgimento de um qualquer próximo governo - há espaço para o “prime-time” televisivo ser aberto a entrevistas aos candidatos a futuros órgãos executivos. Pelo ecrã surgem alegres e sempre confiantes os putativos deputados da nossa república. Os órgãos televisivos esfregam as mãos com tanta carne pronta a cozinhar perante o olhar esfomeado dos telespectadores. Prepara-se o decoro e (...)

Impressões em três linhas

01.11.23
O conflito Israelo-palestino fez a opinião portuguesa gravitar entre dois pólos. Como se fosse um Benfica-Porto. A Ucrânia tem sido vista como a selecção portuguesa. Será que ainda vamos criticar o selecionador?   Por: Filipe Fidalgo

Quadradinhos

O Pequeno Salário

10.10.23
Pastiche criado a partir das vinhetas de Harvey Kurtzman e de Dan Barry e adaptado para o Portugal e mundo contemporâneos pelos cronistas Lurdes e Bento.

Bíquini, uma bomba atómica

02.09.23
Foi em 1946 que a jovem Micheline Bernardini, ousou pousar em público pela primeira vez, vestida com um biquíni. Segundo Louis Réard, o arquitecto da criação, a presença deste leve tecido nas sedosas peles femininas causaria o “efeito de uma bomba atómica”. Este ímpio francês causou a sensação requerida e, depois dos esgares de nojo reprimido dos primeiros olhares, rápido se transformou num íman que agarrou todos os corpos femininos. Para isso, outra “bomba atómica”  usa (...)

A indústria do pão por André Schiffrin

29.07.23
Se há coisa que aprecio mais do que livros é de pão. Se me oferecem metáforas com pão para entender o funcionamento do mercado dos livros eu entendo. Foi o que André Schiffrin fez no seu livro O NEGÓCIO DOS LIVROS - COMO OS GRANDES GRUPOS ECONÓMICOS DECIDEM O QUE LEMOS (se calhar foi pelo título longo que isto não vendeu). Que pena, este pequeno livro da LetraLivre ter saído em 2013 e não em 2023, já que, tal como as ervas daninhas saltam em terra fértil, também os temas (...)

Entrevista - Alexandre Guerreiro

08.07.23
Alexandre Guerreiro Doutor em Direito (Ciências Jurídico-Internacionais e Europeias), pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa; Investigador FDUL nas áreas de Direito Internacional Público, Direito Europeu e Direito Penal desde 2021; Assessor Parlamentar da Assembleia da República, 2014-2016; Analista de Informações (SIED), 2007-2014; Comentador TVI para assuntos de Justiça, Segurança e Internacionais, 2016-2020; Comentador SIC Notícias para assuntos relacionados com o (...)

Impressões em mais do que três linhas

19.06.23
Como ler unicórnios com José Milhazes Houve tempos que ficava bem um Batatinha no horário da tarde na televisão. Com o eclodir da guerra, Milhazes ganhou o seu espaço e as suas horas semanais ilustram a qualidade que a comunicação social dá a temas importantíssimos. Ninguém o dispensa, fala de tudo o que tem a ver com a Rússia, como se, falar de um país que tem o tamanho de um continente, fosse falar do município da Póvoa de Varzim. Este Ronaldo do comentário também é o (...)

Impressões em três linhas

15.06.23
O ministério de defesa britânico assumiu que a Rússia perdeu 1 soldado por cada 48 centímetros de avanço em Bakhmut. Ou a Rússia já não tem soldados ou Bakhmut tem apenas alguns metros. Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

12.05.23
Uma das razões do forte apoio dos povos da União Europeia à Ucrânia contra a Rússia tem que ver com a defesa daquilo que são os valores ocidentais. O reitor da Universidade de Coimbra despediu Vladimir Pliassov, coordenador do Centro de Estudos Russos, por alegadamente ter feito propaganda da invasão russa. Não foi feito inquérito nem investigação do caso.   Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

02.05.23
Lula da Silva visitou Portugal nas comemorações do 25 de Abril. Foram comemorações importantes para os 2 países, em que se recorda que Portugal se livrou de um ditador e o Brasil acolheu-o.   Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

01.05.23
Rosângela Lula da Silva recebeu a Grande Cruz da Ordem do Infante Dom Henrique - distingue “quem houver prestado serviço relevante a Portugal, no país e no estrangeiro, assim como serviços na expansão da cultura portuguesa ou para conhecimento de Portugal, da sua história e dos seu valores”. Rosângela reuniu com brasileiras residentes em Portugal que reclamam ser alvo de racismo e xenofobia.   Por: Filipe Fidalgo

Impressões em mais do que três linhas

30.04.23
Milhares de … disseram “Chega” à corrupção Vamos lá ver, a edição nº 59 do Folha Nacionaltem na sua capa, escrito que milhares de pessoas se reuniram numa manifestação. Acontece que, a imagem por trás revela talvez um “bocadinho” menos. Na descrição diz serem 2 mil pessoas. Folheando o jornal percebe-se que a imagem da capa é a mais generosa e ilustrativa desses “milhares”. Acreditando que o partido patrocinador do jornal é de contas sérias e certas, como por (...)

Georgios Zorbás, o mito da Grécia contemporânea

25.04.23
“Com apenas umas poucas palavras que manejava com facilidade, atingia pináculos intelectuais que a nós exigiam anos de muito esforço para lá chegar. Dizíamos - Zorbás é uma grande alma - ou - É louco” assim descreve o narrador de Vidas e Andanças de Alexis Zorbás, a personagem fulcral da acção, Alexis Zorbás. Mas quem é então Georgios? Aconteceu em 1915 o encontro de Georgios Zorbás com o ainda aspirante a mestre das letras gregas, Nikos Kazantzakis, num local próximo (...)

Impressões em três linhas

11.04.23
A invasão à Ucrânia levada a cabo pela Rússia comemorou 1 ano. A guerra civil ucraniana vai comemorar 9 anos. A guerra civil no Iémen já leva 8 anos. As guerras afegãs já vão quase em 45 anos. O conflito israelo/palestino dura desde 1965… 58 anos!   Por: Filipe Fidalgo

Teorias Cínicas Liberais

18.03.23
O que é que é uma cultural liberal? Perguntem a Helen Pluckrose. Juntamente com James Lindsay, um “matemático com formação em física”, escreveram um livro chamado TEORIAS CÍNICAS, editado pela Guerra & Paz. O livro tem o mérito de dar porrada nas teorias woke - esmurrando vários conceitos com pormenor e exemplos, no entanto, se o deslindarmos encontramos um fim de básica promoção liberal, desmedida e sem controlo.  Logo a abrir temos uma romântica e ousada (...)