Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alma do Diabo

Alma do Diabo

Um mistério chamado Rentes

29.01.23
O desprezo que é dado à obra de José Rentes de Carvalho no templo literário nacional é um sério caso de estudo. De recordar a cacetada dada pelo crítico do jornal Público, António Guerreiro que, no mesmo jornal no dia 4 de Maio de 2016, classificou a obra de ser “manifestação exuberante de hiperliteratura”, destacou a “verbosidade”, “desvios fraudulentos das palavras” para terminar puxou finalmente o gatilho e atirou-lhe apenas uma estrela. Interessante perceber (...)

Impressões em mais do que três linhas

31.12.22
2022, não foi por mal Tenho a impressão de que os graves problemas de 2022 tem a ver comigo. Por ter sido incauto não prestei atenção às superstições que existem com as passagens do ano. Devo admitir que elas são verdadeiras e perigosas. Alerto todos que lhes dêem valor e que se sujeitem às suas leis. Se não acreditam, reparem, de 2021 para 2022, nas doze passas que devemos comer na passagem do ano, não me recordo quantas engoli, perdi-me, talvez à nona, quase que me (...)

Impressões em três linhas

11.12.22
A seleção portuguesa de futebol foi eliminada nos quartos de final pela seleção de Marrocos. Pela primeira vez uma seleção africana está nas meias finais de um mundial de futebol. Não era boa altura para falar dos direitos humanos em Marrocos? Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

26.11.22
Dados ucranianos indicam que liquidaram 86150 russos desde o início das hostilidades. Uma investigação independente revela que 9311 soldados russos foram mortos. Tendo em conta que a Ucrânia está a esmagar a Rússia, sabemos bem quem tem os números reais. Por: Filipe Fidalgo10

Honoré de Balzac . A mulher madura e a jovem

23.11.22
“Uma mulher de trinta anos possui atractivos irresistíveis para um rapaz. Uma rapariga tem demasiadas ilusões, demasiada inexperiência e o sexo é grande cúmplice do seu amor, para que foi alvo, enquanto uma mulher conhece toda a extensão dos sacrifícios que tem a fazer. Uma é arrastada pela curiosidade, por seduções estranhas às do amor, a outra obedece a um sentimento consciencioso. Uma cede, a outra escolhe. Dotada de um saber quase sempre duramente pago por desgostos, (...)

A piada como escape ao difícil acto de pensar

22.11.22
Conversavam assim Jacques com o seu amo: “Na vida meu, amo, não sabemos com o que havemos de alegrar-nos e com o que havemos de afligir-nos…caminhamos pela noite por baixo do que está escrito lá em cima, igualmente insensatos dos nossos desejos, na nossa alegria e na nossa aflição. Quando choro verifico muitas vezes que sou um tolo - E quando ris? - Verifico ainda que sou um tolo, porém, não posso deixar de chorar nem de rir: e é isso que me enfurece - o que tentaste? - (...)

Impressões em três linhas

22.11.22
Parece que no Catar não se respeita a situação frágil dos migrantes - são explorados como trabalho escravo. Como defesa dos altos valores da nossa nação o presidente Marcelo deveria boicotar a sua presença no certame. Bem como boicotar as visitas a Odemira. Por: Filipe Fidalgo

De Rilke para Franz Kappus

21.11.22
  "Na mais silenciosa hora da sua noite, pergunte a si mesmo: tenho de escrever? Escave dentro de si à procura de uma resposta profunda. Se lhe for permitido encarar essa pergunta séria com um simples e forte "tenho", então construa a sua vida segundo essa necessidade; a sua vida, até ao âmago da hora mais indiferente e limitada, terá de se tornar um sinal e um testemunho para esse ímpeto. De seguida aproxime-se da natureza. Tente então, como um primeiro homem, dizer o que vê e (...)

Impressões em três linhas

21.11.22
No dia em que o presidente Marcelo descobrir que a taxa de execução dos fundos europeus não foi aquela que deveria ter sido a ministra Ana Abrunhosa não será perdoada. Marcelo só perdoou a igreja. Por: Filipe Fidalgo

Isaiah Berlin . O Grande Homem

20.11.22
“Mas o que são grandes homens? São seres humanos comuns, suficientemente ignorantes e fúteis para aceitarem a responsabilidade pela vida da sociedade, indivíduos que prefeririam assumir culpa de todas as crueldades, injustiças e desastres legitimados em seu nome a reconhecer a sua própria insignificância e impotência no fluxo cósmico que persegue o seu curso, indiferente às suas vontades e ideias.”   BERLIN, Isaiah. O Ouriço e a Raposa, Ensaio sobre a Visão da História (...)

Impressões em três linhas

19.11.22
O Catar alberga trabalho escravo estrangeiro e foi assim que se construíram os estádios do Mundial. Um vergonha aos direitos humanos que nos deve revoltar a todos. Para o ano irei de férias ao Dubai, estou ansioso mas revoltado com o que por lá se passa. Por: Filipe Fidalgo

Impressões em três linhas

19.11.22
Que crime vergonhoso! Os russos lançaram um míssil em território polaco. A Polónia pertence à NATO por isso o Ocidente terá razões para massacrar finalmente os russos. Não… Afinal foram os ucranianos, foi só um acidente. Por: Filipe Fidalgo

Já não há bengalas

10.11.22
Dizia assim a notícia: “Quando esta tarde subia o Chiado o nosso presado e illustre amigo sr. dr. Alfredo Pimenta, o escriptor sr. Aquilino Ribeiro vibrou-lhe uma bengalada de que resultou um ferimento que foi pensado no Posto da Misericordia” - Jornal o Dia, nº 2038, 16 de Abril de 1923. Assim reagiu Aquilino Ribeiro às críticas que lhe foram endereçadas por Alfredo Pimenta numa rubrica de jornal (Notas de um diletante), onde, entre outras observações, apelida a obra de (...)